Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
NATAL 25/12/2011

29/12/2011

NATAL

Is 52,7-10 / Sl 96 / Hb 1,1-6 / Jo 1,1-18

TEMA: "NATAL: DEUS ESTÁ AO ALCANCE DA NOSSA ESPERANÇA"

INTRODUÇÃO: Que bom seria se o espirito natalino tomasse conta de todos os dias da vida. Viveríamos continuamente agradecidos, pois o Natal - início da nossa redenção - é o ponto alto da comunicação amorosa do nosso Deus. Hoje é dia de boas notícias: o nosso Deus ve para reinar, na pessoa do Filho Jesus - Palavra encarnada que armou a sua tenda no meio do seu povo, por isso podemos contemplá-lo como um de nós. A Eucaristia coroa nossa celebração, e nela somos gratos ao Pai, pois pela Palavra feita gente, recebemos o poder de nos tornarmos flhos e filhas de Deus, nós que acolhemos Jesus e acreditamos em seu nome.

"Seu Deus reina" (Is 52,7-10): Isaías é o Profeta da esperança e da consolação para o povo exilado na Babilônia. O descaso das autoridades fez com que o povo perdesse a liberdade e a identidade numa terra estranha. A presença do Profeta entre os exilados é a prova de que Deus não abandonou seu povo, por isso é possível reconstruir a vida e a liberdade.

A palavra "salvação" (vv.7.10) e as palavras "resgate/redenção" (v.9) anunciam o novo que esta para acontecer: o exílio está terminando e o próprio Deus virá para reinar, como está no v.7 "Seu Deus reina".

As sentinelas da cidade veem ao longe um mensageiro chegando com boas notícias. Elogiam os pés, as passadas, por serem portadores de novidade, ouve gritos e cantos de alegria porque a boa notícia é a SALVAÇÃO. É o novo Êxodo, "Javé arregaçou as mangas do seu braço santo" (v.10), de modo que o mundo inteiro vai ver a sua salvação.

A Palavra existindo desde sempre junto de Deus (Jo 1,1-5): Cria-se uma ponte simbólica entre Gn 1,1 e Jo 1,1. Em ambos os casos, lá está a Palavra criadora e geradora de vida. O QUE É A PALAVRA? É a força criadora que a tudo dá vida. "No principio a Palavra já existia" (1,1a). No livro dos Provérbios 8,22-36 e Eclesiástico 24,3-32, encontramos o poema sobre a sabedoria criadora. Jesus é a sabedoria criadora de Deus, existindo desde sempre junto dele. São João vai além: "A Palavra estava voltada para Deus, e a Palavra era Deus" (1,1b). O QUE É A SABEDORIA? É o sentido da vida presente em todas as coisas: "Nela estava a vida" (v.4a).

Em Isaias 55,10-11, compara a Palavra à chuva e À neve que fecundam (engravidam) a terra, fazendo produzir frutos (1º leitura do 15º domingo comum - Ano A). Jesus é a Palavra geradora de vida: "Tudo foi fieto por meio dela e, de tudo o que existe, nada foi feito sem ela. Nela estava a Vida" (vv.3-4a).

A luz, primeira criatura de Deus, Luz é o resplendor da vida, a vida brilhando intensamente. Os capítulos 8-9 de João desenvolvem abundantemente o tema da LUZ. No trecho de hoje mostra o confronta entre LUZ e TREVAS. As trevas para São João são as forças de morte agindo na sociedade e que põem obstáculo à prática de vida de Jesus.

Existindo desde sempre em Deus, a Palavra vem ao mundo, encarnado-se em nossa história. Quando vemos as trevas tentando apagar a luz, compreendemos a rejeição sofrida pela Palavra: não foi recebida na própria  casa. Quem o aceita terá vida, se tornará filho e filha de Deus, nascido de Deus (vv. 12-13).

"E a Palavra se fez gente e habitou entre nós. E contemplamos sua glória: glória do Filho único do Pai, cheio de amor e fidelidade" (v. 14). No Antigo Testamento, Deus acompanhava a marcha do povo e se comunicava com Moisés a partir de sua tenda, chamada "Tenda da Reunião", por isso dizemos que Deus armou sua tenda entre nós. O corpo de Jesus, a Palavra encarnada, é de agora e para sempre o ponto de encontro de Deus com a humanidade, onde se encontra e adora a Deus. Jesus é e será a presença visível do Deus invisível.

No passado, a glória de Deus se escondia e se revelava numa nuvem, no fogo etc., agora a glória de Deus está presente no humano Jesus.

Deus falou a nós por meio do Filho (Hb 1,1-16): Deus sempre se comunicou, mas sua expressão máxima é o Filho. Jesus é apresentado como:

1) HERDEIRO DE TODAS AS COISAS

2) CRIOU O UNIVERSO (encarnação da sabedoria)

3) PALAVRA QUE SUSTENTA O UNIVERSO;

4) AGENTE DA REDENÇÃO (perdão dos pecados)

5) SENHOR GLORIFICADO (nome que supera o nome dos anjos)

Pe. José Afonso de Souza

Jacareí, 25 de Dezembro de 2011

Fonte: Projeto Nacional de Evangelização, nº19 - CNBB

           Roteiros Homileticos, Pe. José Bortolini - Paulus.

           Bíblia Sagrada, Edição PAstoral - Paulus.

           Bíblia de Jerusalém - Paulus.

Voltar

 
| Política de privacidade