Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
“NA LIBERDADE E ALEGRIA, SERVIR AO DEUS VERDADEIRO”

26/08/2012

26/08/2012

L

  VIGÉSIMO PRIMEIRO DOMINGO DO TEMPO COMUM –B

L

  Js 24, 1-2 a . 15-17. 18 b ;Sl 33 (34); Ef 5,21-32; Jo 6,60-69

L

  TEMA: “NA LIBERDADE E ALEGRIA, SERVIR AO DEUS VERDADEIRO”

  L

Na nossa celebração é a renovação da fé e do compromisso com o Deus vivo e verdadeiro. Na liberdade e alegria, queremos aderir a ele, para construir juntos uma sociedade nova, na fraternidade.                                                           

 

 Na primeira leitura (Josué) convocou uma assembleia geral em Siquém, aí o povo renova os compromissos da aliança com o Deus libertador. É a conquista da Terra Prometida. O povo que vai escolher a quem quer servir.

 No Evangelho (João): “Fugir ou encarnar-se”. A Eucaristia e a encarnação de Jesus provocam as pessoas a se posicionar: ou aceitamos Jesus e nos comprometemos com ele, ou nos escandalizamos dele e nos afastamos do seu projeto de vida e liberdade.

O Evangelho de hoje pode ser dividido em dois momentos:                           

 

1) falam de crise e abandono (v.v.60-66): Jesus frustrou a expectativas de muita gente. As palavras de Jesus provocam resistência e desistência até entre os discípulos. Ninguém pode vir a mim, se isso não lhe é concedido pelo Pai. A Eucaristia e a encarnação põem as pessoas diante de uma decisão. Por isso surge as crises e abandonos.

2) fé é compromisso (v.v.67-69): muitos não assumem a fé por medo de se comprometerem. Os doze Apóstolos, porém aceitam a proposta de Jesus e o reconhecem como Messias, dando-lhe sua adesão e aceitando suas exigências. Muitos discípulos voltaram atrás. E Jesus perguntou aos doze: Vocês também querem ir embora? (v. 67), Pedro responde: A quem iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna. Continuar fazendo o que ele fez.

   

Na segunda leitura (Efésio): assim como Cristo é o Salvador de todos, ele será também o juízo de todos. Cristo é o Salvador da Igreja, e esta deve submeter a ele como seu Senhor, onde existe igualde de direitos e deveres. (Marido e Mulher).

Pe. José Afonso de Souza

Jacareí, 26 de agosto de 2012

Fonte: Bíblia Sagrada, Edição Pastoral – Paulus

Bíblia de Jerusalém – Paulus

Roteiros Homileticos, Pe. José Bortolini - Paulus

Voltar

 
| Política de privacidade